top of page
  • Foto do escritorEri Santos

Presidente diz que Sport foi punido por ser do Nordeste e vai recorrer



O presidente do Sport, Yuri Romão, atribuiu a punição aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ao clube pernambucano à origem regional. Nas palavras do dirigente, "estão punindo um clube de Pernambuco, do Nordeste, apenas por conta do seu CEP."


O órgão desportivo deferiu pedido da procuradoria, na tarde desta sexta-feira, determinando que o Sport deverá atuar com portões fechados e sem sua torcida como visitante (exceto para jogos pelo Estadual).

"Tudo aquilo que estava ao nosso alcance foi feito. Por isso que, mais uma vez, reitero que essa decisão não é razoável, deixar um ar de arbitrariedade, ou, pior, estão punindo um clube de Pernambuco, do Nordeste, apenas por conta do seu CEP. Porque que eu digo isso?"



O STJD alegou descumprimento do Sport ao artigo158 da Lei 14.597/2023, relativo ao dever dos clubes em garantir segurança aos torcedores, e motivo pelo qual "fez-se necessário, para preservar a segurança nos futuros jogos", entrar com a medida cautelar.


Yuri Romão citou vários casos recentes de violência em estádios de futebol e que não tiveram punição. Ele falou sobre situações vividas por Bahia, Grêmio, Flamengo e Botafogo.


- Em casos recentes, dois, três anos, o caso do Internacional, onde o atleta Nico Hernandez foi atingido por pedras. O caso do Grêmio que, ao chegar no Beira Rio, teve o seu ônibus apedrejado. Tivemos o caso semelhante do Bahia, em que o goleiro Danilo Fernandes foi atingido por uma bomba.

E continuou listando.

- Tivemos o caso do Flamengo contra o Atlético-MG, onde tivemos caso semelhante e que foi absolvido. O Botafogo, o Fluminense ao chegar Nilton Santos teve seu ônibus também apedrejado. Então porque somente o Sport é punido? - questionou Romão.


Yuri Romão criticou a decisão do STJD a que chamou de "arbitrária".


- O episódio não se deu na chegada. Foi na saída distante do estádio em uma rodovia federal. Tem alguma coisa errada nisso. Nós não podemos baixar a cabeça diante de uma decisão que, mais uma vez, repito, não é razoável e acho, inclusive, que é arbitrária.



Por fim, o presidente do Sport disse que o clube já está tomando providências para buscar reverter a punição pelo meios legais.

- Colocados esses fatos, a gente chega à conclusão de que o Sport não pode ser penalizado por um problema de segurança pública, que não ocorre somente em nosso Estado, mas no Brasil todo. E, mesmo assim, só o Sport está sendo punido. Diante disso, nós não baixaremos a cabeça. Enfrentaremos nos meios legais para tentar reverter essa decisão. Não podemos ser penalizados por algo que não é da nossa competência.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page