top of page
  • Foto do escritorNE45

Náutico perde para o River nos Aflitos e se complica no grupo A do Nordestão

Timbu fez péssima partida e perdeu em casa, onde ainda não venceu no Nordestão; piauienses assumiram a ponta da chave A


O River-PI foi até os Aflitos e bateu o Náutico por 1 x 0, nesta terça-feira (5), pela quinta rodada do Nordestão. Os piauienses tiveram atuação sólida e saíram vitoriosos com gol de Felipe Pará. O Timbu, por sua vez, jogou muito mal e foi vaiado.


Com o resultado, o Náutico segue sem vencer nos Aflitos pelo Nordestão. O Timbu segue com cinco pontos e na quarta posição, mas pode cair no decorrer da rodada. O River-PI, por sua vez, virou líder do grupo A, com nove pontos, e torce por tropeços dos rivais para se manter na ponta.


O Náutico volta a campo no domingo (10), mas desta vez pela semifinal do Pernambucano, onde enfrenta o Retrô, nos Aflitos, às 16h30. O River-PI, por outro lado, joga no sábado (9), diante do Parnahyba, às 18h, pela semifinal do Piauiense.




O jogo entre Náutico e River-PI


Em casa, o Náutico fez um primeiro tempo muito ruim nos Aflitos. Tanto que saiu para o intervalo vaiado. Improdutivo, o time pouco criou e errou muitos passes, sem construir reais oportunidades de gol.


O River-PI, por sua vez, foi quem assustou mais. A equipe piauiense teve duas boas chances. Na melhor delas, após cobrança de falta, Mingoti cabeceou firme e obrigou o goleiro Vágner a fazer uma boa defesa. Assim, o primeiro tempo terminou zerado e com vaias.




A etapa final se apresentou mais movimentada, mas com o Náutico pecando na pontaria. Patrick Allan, de início, isolou. Na sequência, o meia serviu Ray Vanegas, que cara a cara com o goleiro chutou em cima do arqueiro.


O River-PI, por sua vez, respondeu em finalizações perigosas de fora da área. Felipe Pará quase acerta a trave, enquanto Guilherme Escuro mandou no travessão.


Pouco depois, contudo, o River-PI abriu o placar. O árbitro assinalou pênalti por falta do goleiro Vágner, que recebeu amarelo no lance. Na batida, Felipe Pará cumpriu o lema: bola de um lado, arqueiro do outro, e fez o primeiro para os piauienses.


Em desvantagem, o Náutico continuou com maior posse, mas com muita improdutividade. Abusou da bola aérea, sem criatividade. As melhores chances foram em cobranças de falta de Ray Vanegas, que mandou por cima do gol.


Assim, o River-PI segurou e ganhou nos Aflitos. Ao fim da partida, a torcida do Náutico vaiou bastante a equipe.



FICHA DO JOGO


NÁUTICO 0

Vágner; Arnaldo, Guilherme Matos (Robson Reis), Rafael Vaz e Diego Matos (Luiz Paulo); Lorran (Marco Antônio), Marco Antônio e Patrick Allan; Júlio César (Ray Vanegas), Thalissinho (Fernandinho) e Paulo Sérgio. Técnico: Allan Aal


RIVER-PI 1

Joanderson; Vivico, Mingoti, Leandro Amaro (Iago Felipe) e Izaldo; Darlan Bispo, Guilherme Escuro, Doda e Ronald; Felipe Pará e Crislan (Ju Alagoano). Técnico: Dico Woolley


Local: Estádio dos Aflitos, no Recife (PE)

Árbitro: Wiomar Santana de Oliveira (AL)

Assistentes: Wellington Thiago de Almeida e Aldrin Freire Costa Matias (ambos de AL)


Público: 5.319

Renda: R$ 80.278,00


Gol: Felipe Pará (26’2T) (RIV)

Cartões amarelos: Vágner, Diego Matos e Thalissinho (NAU); Iago Felipe (RIV)

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page