top of page
  • Foto do escritorge.com

Náutico pede execução de multa de R$ 19,4 milhões por quebra de contrato com Arena PE

O Náutico deu entrada na Justiça com o pedido da execução da sentença relativo à multa a ser paga pelo Consórcio Arena Pernambuco pela quebra do contrato entre as partes ocorrida 2016. O valor original, de 14.030.580,42, está corrigido no momento para R$ 19,453.818,97

Nesse acréscimo estão computados juros, honorários e também uma punição ao Consórcio, uma vez que a intimação para o pagamento foi recebida no final de novembro. A cada em 15 dias de inadimplência, a partir da data de intimação, é aplicada uma multa de 20% de acréscimo no valor.


A quantia vem sendo recolhida em juízo de parte do valor repassado mensalmente pelo Governo do Estado ao Consórcio também por quebra de contrato e já há saldo suficiente para a execução.

O pagamento da multa, inclusive, foi uma das garantias apresentadas pelo Náutico para pagamento de débitos na Recuperação Judicial.



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page