top of page
  • Foto do escritorNE45

Náutico joga mal, e é derrotado pelo Volta Redonda na Série C


Timbu fez mais uma partida ruim na competição e segue fora do G-8



O Náutico foi até o Raulino de Oliveira e perdeu por 2 x 1 para o Volta Redonda, neste sábado (18), pela quinta rodada da Série C. Ítalo Carvalho e Juninho Monteiro marcaram os gols dos mandantes, enquanto Paulo Sérgio descontou para o Timbu, que teve mais uma atuação ruim na Série C.


O Timbu do técnico Mazola Júnior foi um time que deu muito espaço para o Volta Redonda, que criou chances para fazer até mais. Além de marcar mal, o Timbu pouco criou e, nas oportunidades construídas, desperdiçou. Assim, foi derrotado mais uma vez – a segunda consecutiva na competição.


Com o resultado, o Náutico – que tem um jogo a menos – segue estagnado com quatro pontos e na 11ª posição. Já o Volta Redonda, por sua vez, pulou para a quarta posição e chegou aos nove pontos na competição.


O Timbu volta a campo no próximo sábado (25), diante do Remo, nos Aflitos, às 17h. O Voltaço, por outro lado, joga no dia 26, contra o Londrina, fora de casa, às 19h.




O jogo entre Volta Redonda e Náutico


O primeiro tempo foi movimentado no Raulino de Oliveira. O Náutico começou tendo as melhores chances no início. Paulo Sérgio parou no goleiro Jean, enquanto Andrey quase marcou gol olímpico – acertou o travessão. Contudo, o Volta Redonda foi fatal ao ir ao ataque.


Isso porque, aos 11 minutos, Bruno Barra bateu da entrada da área e o goleiro Vágner rebotou mal nos pés de Ítalo Carvalho, que aproveitou a falha do arqueiro do Náutico e completou para o fundo das redes.


Em vantagem, o Volta Redonda seguiu trocando passes e chegando bem. Até que conseguiu ampliar o placar aos 35. Após boa jogada, Vini Moura serviu Juninho Monteiro, que entrou livre no lado direito da defesa alvirrubra e, com tranquilidade, fez o segundo dos cariocas, dando números finais ao primeiro tempo.


A etapa final começou com o Volta Redonda tendo o controle e tendo as melhores chegadas, enquanto o Náutico apostava nos cruzamentos para tentar levar perigo. E o Timbu teve um pênalti a favor aos 21 minutos. Barcia ganhou na corrida da defesa e foi puxado dentro da área. Na cobrança, Paulo Sérgio bateu bem e diminuiu o placar.


Com o 2 x 1 no marcador, o Volta Redonda voltou a ter o controle do jogo e empilhou chances perdidas, inclusive acertando o travessão com MV, que bateu de fora da área.


Na reta final, mesmo perdendo, o Náutico não conseguiu fazer uma pressão para tentar. Contudo, quase chegou ao empate no último lance do jogo, mas a cabeçada de Bruno Mezenga parou no goleiro Jean Drosny. Assim, o Volta Redonda confirmou os três pontos diante do Timbu.




FICHA DO JOGO


VOLTA REDONDA 2

Jean Drosny; Wellington Silva, Zé Vitor, Lucas Souza e Juninho Monteiro; Bruno Barra, Robinho (Henrique Silva) e PK (Ryan Guilherme); Vini Moura (Rafinha), MV e Ítalo Carvalho (Kesley). Técnico: Rogério Corrêa.


NÁUTICO 1

Vágner; Arnaldo (Danilo Belão), Guilherme Matos, Iran e Luiz Paulo; Marco Carvalho, Marco Antônio (Thalissinho), Andrey (Patrick Allan) e Thiago Lopes (Leandro Barcia); Gustavo Maia (Bruno Mezenga) e Paulo Sérgio. Técnico: Mazola Júnior.


Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Árbitro: Raimundo Rodrigues de Oliveira Junior (CE)

Assistentes: Jose Moracy de Sousa e Silva e Jorge Fernando Teixeira Bandeira Filho (ambos do CE)

Público: 514

Renda: R$ 2.700,00

Gols: Ítalo Carvalho (10’1T) e Juninho Monteiro (35’1T) (VRE); Paulo Sérgio (23’2T) (NAU)

Cartões amarelos: Wellington Silva e MV (VRE); Luiz Paulo e Marco Carvalho (NAU)

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page