top of page
  • Foto do escritorNE45

Náutico bate o Santa e assume liderança do Pernambucano

O Náutico bateu o Santa Cruz por 2 x 1 no Arruda, neste sábado (27), e venceu o primeiro Clássico das Emoções de 2024. Marcos Júnior e Paulo Sérgio marcaram para o Timbu, enquanto João Diogo descontou pelo lado do Tricolor.


Com o resultado, o Timbu mantém a invencibilidade de quase quatro anos em jogos diante do Tricolor. A última derrota do Alvirrubro no confronto foi em março de 2020. Desde então, são sete jogos sem saber o que é perder no clássico – quatro empates e três vitórias.




Agora, portanto, o Náutico chegou aos 11 pontos e é líder do Campeonato Pernambucano. O Santa Cruz, por sua vez, tem seis e é o quinto colocado do Estadual.


O Santa Cruz volta a campo na próxima quarta-feira (31), contra o Porto, fora de casa, às 19h. O Náutico joga no mesmo dia, contra o Petrolina, nos Aflitos, às 21h. Ambos os duelos válidos pela quinta rodada do Campeonato Pernambucano.



Foto: Gabriel França/CNC

O jogo entre Santa Cruz e Náutico

A partida começou movimentada. E com o Náutico abrindo o placar logo aos dois minutos. Júlio César cobrou falta na cabeça de Marcos Júnior, que não desperdiçou e testou firme para o fundo das redes. O Timbu seguiu melhor e tendo mais espaço. E quase ampliou com Rafael Vaz, que finalizou firme e parou no goleiro André Luiz.


O Santa Cruz, por sua vez, começou a ‘se achar’ por volta dos 20 minutos de jogo, quando o atacante João Diogo finalizou com perigo e obrigou Vágner a trabalhar. Aos 22, contudo, o ponta tricolor não desperdiçou. Após jogada individual pela direita, Mateus Melo cruzou com capricho para João Diogo, que subiu mais alto do que a zaga alvirrubra e igualou o marcador.


Com o 1 x 1 no placar, o Santa pressionou e obrigou o goleiro Vágner a trabalhar em chutes de fora da área e cruzamentos. O Timbu, por sua vez, conseguiu equilibrar a partida na reta final do primeiro tempo e ainda levou perigo em cabeçada de Ray Vanegas, mas a metade inicial terminou 1 x 1.


As equipes voltaram para o segundo tempo com mudanças e também num ritmo diferente. O Santa Cruz tentava empurrar o Náutico para a defesa, enquanto o Timbu buscava o contra-ataque, mas sem efetividade.

Assim, a primeira metade do segundo tempo foi de muitos erros de ambos os lados e de pouquíssima criatividade.


Contudo, o cenário mudou na metade final do segundo tempo. O Náutico promoveu mudanças no ataque, com Paulo Sérgio e Thalissinho, e ficou mais inteiro no jogo. O Timbu passou a mandar na partida e empurrar o Tricolor para a defesa.


Com tanta pressão, o Náutico quase marcou aos 36. Paulo Sérgio deu um lindo passe para Thalissinho, que cara a cara com o goleiro desperdiçou. Dois minutos depois, contudo, veio o gol alvirrubro.


Thalissinho fez boa jogada individual pela esquerda e cruzou rasteiro para Paulo Sérgio, que bateu de primeira e fez a alegria dos alvirrubros, marcando o segundo do Náutico na partida.

Com o 2 x 1 no placar, coube ao Timbu segurar a vantagem e confirmar a vitória sobre o rival no Arruda.



Foto: Gabriel França/CNC

FICHA DO JOGO


SANTA CRUZ 1

André Luiz; Toty, Paulo Cesar, Rafael Pereira e Juan Tavares (João Victor); Lucas Siqueira, Caio Mello (Lucas Bessa) e Matheus Melo; João Diogo, Felipe Cardoso (Claudinei) e Pedro Bortoluzo (Gabriel Cardoso). Técnico: Itamar Schülle


NÁUTICO 2

Vágner; Danilo Belão, Robson Reis, Rafael Vaz e Luiz Paulo; Lorran (Igor Pereira), Marcos Júnior e Patrick Allan (Thalissinho); Ray Vanegas (Fernandinho), Júlio César (Kauan) e Evandro (Paulo Sérgio). Técnico: Allan Aal

Local: Estádio do Arruda, no Recife (PE)

Árbitro: Diego Fernando

Assistentes: Clovis Amaral e Fernando Antônio

Gols: João Diogo (22’1T) (STA); Marcos Júnior (2’1T) e Paulo Sérgio (38’2T) (NAU)

Público: 16.003

Renda: R$ 358.610,00

Cartões amarelos: Mateus Melo (STA); Robson Reis, Rafael Vaz e Luiz Paulo (NAU)




Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page