top of page
  • Foto do escritorNE45

Demora do VAR no gol do Sport foi problema de internet, diz FPF

Lance de gol de Barletta paralisou jogo na Arena contra o Santa Cruz

Quatorze minutos. Esse foi o tempo em que o VAR levou para analisar o impedimento de Chrystian Barletta neste sábado durante o segundo tempo de Sport e Santa Cruz, pela partida de volta da semifinal do Pernambucano. Tempo suficiente para gerar muita discussão e esfriar o ritmo da partida. O motivo da demora na checagem se deu por conta de um problema de conexão na internet no estádio.


“(O problema foi a) Internet. O VAR depende da conexão. O público (na Arena), a demanda (por conexão) etc criou dificuldades, mas finalmente conseguiram processar e o ‘soft’ aplicou as linhas”, relatou Evandro Carvalho, presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), ao NE45.


Neste sábado (16), foram 45.492 torcedores na Arena de Pernambuco. Todos rubro-negros. Vale destacar que o problema com a internet não chega a ser uma “novidade” no local. A conexão no local em dia de jogos é muito fraca e dificulta o acesso tanto de torcedores como profissionais de imprensa que trabalham no local.


Ainda segundo Evandro, para a final do Pernambucano a FPF entrará em contato com as operadoras de internet para fazer um upgrade no sinal.

“A sala do VAR fica na Arena. Na época da Copa, o governo fez um investimento altíssimo, algo em torno de R$ 500 mil para dar um upgrade na internet. Ela já é fraca sem muito uso. Imagina com 50 mil pessoas dentro do estádio utilizando. E o que vamos fazer: vamos falar com as operadoras de internet, pagar para fazer um upgrade na internet para as finais”, explicou.


“Não temos dinheiro para pagar, mas tentar fazer uma troca de publicidade para eles darem um upgrade no sinal”, finalizou Evandro.

O gol impedido de Barletta e que gerou todo o atraso aconteceu aos 17 minutos do segundo tempo. O jogador aproveitou o cruzamento de Fabrício Dominguez para empurrar a bola para o fundo das redes. No mesmo lance, a posição de Gustavo Coutinho também gerou dúvidas, já que, apesar de não tocar na bola, participar diretamente na jogada. A decisão do VAR foi tomada e a árbitra Déborah Cecília reiniciou aos 31 minutos.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page