top of page
  • Foto do escritorNE45

Fortaleza impõe maior derrota internacional do Boca Juniors em 17 anos

O Castelão recebeu 53.428 torcedores numa noite mágica. Gabriella Gonçalves/Fortaleza.

Engrenando de vez nesta temporada, o Fortaleza fez um dos grandes jogos de sua história contra o Boca Juniors. Num Castelão abarrotado, o time dirigido por Vojvoda venceu o gigante argentino por 4 x 2, mantendo o aproveitamento de 100% na Copa Sul-Americana de 2024. São três vitórias em três rodadas, já com cinco pontos a mais que o próprio Boca. A classificação à fase mata-mata, como líder do Grupo D, já começa a ser desenhada. Indo além, vou focar no peso do resultado obtido diante do clube mais copeiro do continente.


Só o Palmeiras havia feito tantos gols no Boca

Dono de 18 taças internacionais oficiais, incluindo três Mundiais, e atual vice-campeão da Libertadores mesmo numa fase irregular, o clube de Buenos Aires não via a sua meta ser vazada desse jeito há muito tempo. Segundo o perfil MisterChip, especializado em dados do futebol, o Boca Juniors não sofria quatro gols numa partida internacional há 17 anos. A última havia sido na decisão do Mundial de Clubes de 2007, quando perdeu do Milan de Kaká pelo mesmo placar. Desde então, ninguém fora da Argentina fez igual. Até esta noite.


No Brasil, o último (e único até então) tinha sido o Palmeiras. Há 30 anos! Na ocasião, o Verdão impôs a maior goleada sofrida pelos “xeneizes”: 6 x 1. Abaixo, a lista completa, que é bem enxuta e agora conta com o nome do Fortaleza, de forma incontestável. “Mas o Boca escalou um time alternativo no Ceará”. “Mas o Boca priorizou a semifinal da Copa da Liga Argentina contra o Estudiantes na próxima terça”. Francamente, independentemente da veracidade, azar o do Boca. Era um jogo oficial, valendo pelo segundo torneio mais importante do continente e quase todo mundo que gosta de futebol estava assistindo.



Em busca da liderança no ranking da Sula no NE

Quem parou pra ver o duelo na arena cearense pela ESPN, viu dois gols do ótimo atacante Lucero e dois gols do polivalente Pikachu, numa noite de imposição técnica e física e de contragolpes muito afiados por parte do Laion. O empate em 1 x 1 no primeiro tempo se transformou num 4 x 1 no segundo tempo, e com vaga para pra mais. O segundo gol do Boca, já no fim, não diminuiu em nada o impacto do triunfo, até mesmo porque não é toda vez que este time volta para La Bombonera com a sacola cheia assim.


Com o resultado, o Fortaleza, o atual vice da própria Sula, vai subindo na pontuação histórica do torneio entre os nordestinos. Com a campanha atual, já passou o rival Ceará e está a 10 pontos do Bahia (52 x 42). Por sinal, essa diferença para o tricolor baiano já chegou a ser de 49 pontos. Não duvide de uma ultrapassagem ainda nesse ano. Tudo como consequência de uma ótima performance internacional do FEC, que vem conseguindo algo que os outros grandes clubes da região sempre sonharam. Hoje, o Fortaleza segue sonhando acordado…

Yorumlar

5 üzerinden 0 yıldız
Henüz hiç puanlama yok

Puanlama ekleyin
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page