top of page
  • Foto do escritorNE45

Ex-presidente do Vitória afirma ter comprado desembargador e fraudado exame antidoping

Paulo Carneiro soma duas passagens na gestão do Leão da Barra


Ex-presidente do Vitória, Paulo Carneiro fez revelações polêmicas na noite da última terça-feira (25). Em entrevista ao Zona Mista, o ex-mandatário do Leão da Barra afirmou ter comprado um desembargador em 2003 para garantir a realização da Copa do Nordeste daquele ano, e revelou também outro caso, onde teria fraudado um exame antidoping.


“Eu entrei com uma ação contra a CBF e contra a Globo. Peguei um advogado no Rio, meu amigo Pedro Paulo Guimarães, e eu comprei um desembargador no Rio por R$ 600 mil”, disse poucos segundos antes do programa sair do ar.


Naquela ocasião, clubes como Sport, Bahia, Fortaleza, Santa Cruz, Náutico e Confiança haviam deixado o Nordestão e não o disputariam. E o ex-mandatário do Vitória afirmou que isso teria sido combinado para que o torneio não acontecesse, mas ele teria batalhado para manter, e o Vitória acabou campeão naquele ano.


Possível fraude em exame antidoping de ex-jogador do Vitória


Em outro trecho, Paulo Carneiro relata uma confusão com Preto Casagrande, Allan Dellon e Matuzalém, à epoca atletas do Vitória. Quando, na sequência, declara ter trocado a urina com o meia Matuzalém, que atuou no clube no fim da década de 90, porque o atleta fazia uso de entorpecentes.


“O porteiro da concentração me ligou falando que Preto (Casagrande), Allan Dellon e Matuzalém entraram de madrugada, pularam o muro e bateram num cara. Fui lá, o primeiro que achei foi Preto, dei logo um murro no peito dele, bateu no sofá e caiu sentado. Eu queria pegar era Matuzalém, subi a escada atrás dele. O cínico era o Matuzalém, o vagabundo. Eu já troquei até urina para salvar o doping dele, porque ele era maconheiro”, afirmou.

Após a confissão, o ex-presidente do Vitória pediu para não gravar aquele momento e ficou surpreso ao descobrir que tratava-se de um programa ao vivo: “Vocês estão de brincadeira. Estão falando sério? Tira aí, tira aí, por favor. Pelo amor de Deus, nem brinque com isso. Pode tirar aí, senão eu paro”.





Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page