top of page
  • Foto do escritorge.com

Corte no salário e no bicho: veja bastidores da punição a Paulo Sérgio


Paulo Sérgio, atacante do Náutico, após classificação sobre o Retrô — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Paulo Sérgio está oficialmente sob regime de "multa" no Náutico. O experiente centroavante havia sido punido com expulsão após fazer gestos obscenos no jogo contra o Afogados, pelas quartas do Pernambucano, e no domingo repetiu o comportamento após a classificação timbu para a final do Estadual. Um gesto que, dessa vez, não passou impune internamente.


Contudo, antes mesmo da direção comunicar desconto do salário do jogador, partiu do próprio Paulo Sérgio a primeira decisão: de abdicar de sua parte do bicho, a tradicional premiação aos atletas, pela ida à decisão do campeonato. O ge apurou que o valor total pago aos atletas foi de R$ 60 mil.


Quanto à multa sobre o salário do centroavante, o pedido inicial discutido nos bastidores era de uma redução de 20%, mas caiu para 15%. O gesto do atacante em renunciar à premiação pessoal do bicho teve seu peso.


Inclusive, nesta segunda-feira, data da reapresentação do elenco do Náutico depois da classificação à final do Campeonato Pernambucano, o executivo de futebol Léo Franco informou que Paulo Sérgio fez questão de pedir a palavra no treino e direcionar desculpas a todos do grupo e comissão técnica.


Punido no Estadual, mas não na Copa do Nordeste, o atacante volta a campo já nesta quarta-feira, logo no Clássico dos Clássicos contra o Sport, na Arena de Pernambuco, às 21h30. Somente no duelo de ida, pela finalíssima do Pernambucano, contra o próprio Leão, é que o jogador será desfalque. A partida está marcada para o dia 30 desse mês, nos Aflitos.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page