top of page
  • Foto do escritorNE45

Sport vence o Ceará e avança para a semifinal da Copa do Nordeste


Com a classificação, o Rubro-negro pernambucano chega na sua terceira semifinal seguida do Nordestão


Foi na raça! Em um duelo bastante disputado, o Sport levou a melhor sobre o Ceará, na Arena de Pernambuco, e avançou para a semifinal da Copa do Nordeste. O duelo acabou 2 x 1 para o Leão. Os rubro-negros embolsaram R$ 733 mil de premiação com a classificação, e agora chegam a R$ 4,6 milhões somando as fases anteriores.


O gol salvador foi do zagueiro Rafael Thyere, que marcou nos minutos finais da partida que parecia se encaminhar para os pênaltis. Felipinho, para o Rubro-negro, e Recalde, para o Vozão, foram responsáveis pelos outros tentos.


Classificado, o Leão aguarda o vencedor de Fortaleza x Altos, marcado para acontecer no dia 20 de abril. Lembrando que a semifinal também ocorre no formato de partida única e na casa do melhor mandante, que será o Sport, por ter terminado a primeira fase como líder do Grupo A.



Sport x Ceará – Resumo da partida


Jogando em casa, o Leão fez valer seu mando de campo e começou pressionando bastante o Vozão. Logo aos dois minutos, em uma cobrança de falta, o meia Alan Ruiz cobrou rasteiro e obrigou o goleiro Richard a fazer uma boa defesa.


Aos 10 minutos, o Sport chegou novamente. Gustavo Coutinho passou a bola para Lucas Lima, que mandou de volta para o centroavante rubro-negro dentro da área. A finalização foi forte em cima do goleiro Richard, que defendeu novamente.


O Vozão tentava escapar da pressão do Leão da Ilha, e só aos 19 minutos criou uma boa oportunidade. Erick Pulga recebeu a bola pela esquerda e soltou o pé, para uma boa defesa de Caíque França.


Aos 26 minutos, o Sport trocou passes até Romarinho ficar livre dentro da área para finalizar. A bola acabou pegando na trave, levando os torcedores presentes a loucura na Arena de Pernambuco.


Melhor em campo, o Rubro-negro continuava pressionando o Vozão. Aos 30 minutos, duas chegadas. Após receber a bola pelo alto, Lucas Lima bateu cruzado para uma boa defesa de Richard. No escanteio gerado pelo corte da defesa, Luciano Castán cabeceou com perigo.


Aos 38 minutos o Ceará assustou novamente. Erick Pulga recebeu entre a defesa Rubro-negra, porém, estava em posição irregular na área. Ele chegou a driblar o goleiro Caíque França e finalizar, mas o zagueiro Rafael Thyere cortou a bola em cima da linha.


De tanto pressionar, o Leão abriu o placar. Aos 42 minutos, Lucas Lima protagonizou uma linda jogada dentro da área, onde limpou a marcação e acertou na trave. Na sequência do lance, a defesa do Vozão cortou. No rebote, Felipinho pegou de primeira marcando um golaço!



Segundo tempo


Assim como na primeira etapa, o Leão voltou pressionando o Ceará. Logo aos sete minutos, Alan Ruiz recebeu a bola de Gustavo Coutinho e finalizou de fora da área, obrigando o goleiro Richard a realizar mais uma boa defesa.


O Vozão respondeu aos 13 minutos, Rafael Thyere falhou no ataque e a bola ficou com o Erick Pulga, que subiu em velocidade e finalizou cruzado. A bola tirou tinta da meta do goleiro Caíque França.


Melhor na partida, o Ceará empatou aos 18 minutos. Matheus Bahia ganhou de Pedro Lima na corrida e cruzou pela esquerda, Recalde entrou sozinho na área e finalizou firme, sem chances para Caíque França.



O Vozão quase virou quatro minutos depois. Após erro do Sport, que gerou um contra-ataque em alta velocidade para o Ceará, Recalde recebeu novamente mais uma boa bola, só que dessa vez a finalização acabou saindo.


Aos 32 minutos, o Leão voltou a assustar. Romarinho recebeu a bola fora da área e enfiou o pé. Ligado no lance, o goleiro Richard protagonizou mais uma ótima defesa, causando suspiros na torcida presente.




Ficha do jogo


Sport 2

Caíque França; Pedro Lima, Rafael Thyere, Luciano Castán e Felipinho; Felipe (Pedro Martins), Fabricio Domínguez (Chrystian Barletta) e Alan Ruiz; Lucas Lima (Tití Ortíz), Romarinho (Pablo Dyego) e Gustavo Coutinho (Zé Roberto). Técnico: Mariano Soso


Ceará 1

Richard; Raí Ramos, Matheus Felipe, David Ricardo e Matheus Bahia; Richardson (Recalde), Lucas Mugni (Guilherme Castilho) e Lourenço; Erick Pulga, Saulo Mineiro (Jean Irmer) e Aylon (Janderson). Técnico: Vagner Mancini

Local: Arena de Pernambuco, Recife

Árbitro: Afro Rocha de Carvalho Filho (PB)

Assistentes: Schumacher Marques Gomes (PB) e Luis Filipe Goncalves Correa (PB)

VAR: José Ricarvo Vasconcellos Laranjeira (AL)

Gols: Felipinho e Rafael Thyere (SPT); Recalde (CEA)

Público: 21.366

Renda: 315.019,48

Cartões Amarelos: Pedro Lima e Luciano Castán (SPO); Matheus Felipe, Matheus Bahia, Janderson e David Ricardo (CEA)

ความคิดเห็น

ได้รับ 0 เต็ม 5 ดาว
ยังไม่มีการให้คะแนน

ให้คะแนน
Infográfico preto moderno e tecnológico para relatório de marketing digital_edited.jpg
bottom of page